Visto-me ao indefinido de ti 
Agruras pormenorizadas de significantos 
Ao pôr-do-sol desse desencanto, 
Que o labor de teus cílios descortina. 
Quase escuto o som de  Mia 
Que tua doce voz apropriaste em teu canto. 
Ferindo agora os mesmos tímpanos  
Que por ti foi alvo de encantos. 

Certamente haverá um dia 
Que o mesmo fúlmen nos atingirá em alguma esquina 
E ao fitar teus olhos eu descobriria 

O quanto de sabor os teus lábios me fumegariam. 

Leave a Reply